Gernaide Cezar
Palavras Plásticas
Capa Textos Fotos Perfil Livro de Visitas Contato
Textos
A vida sempre vale muito

Creio e vou chegando
Como quem deixa sobre o dia
Uma dor numa gota de paz
Sigo pensando grande 
Sempre que me assusto
Luto e sigo os meus princípios
Sempre me zango e não me assusto
O que virá pois a vida é doce
Dispenso conselhos
Ou reclamações

Danem-se as suas evidências
Pois tenho naturalidade
Para seguir o meu rumo...
Gernaide Cezar
Enviado por Gernaide Cezar em 23/11/2020
Alterado em 23/11/2020
Comentários