Gernaide Cezar
Palavras Plásticas
Capa Textos Fotos Perfil Livro de Visitas Contato
Textos
Dos olhos meus

É na luz da vida
Que encontro o seu olhar
Para atravessar
A solidão que fica
Na beira de mim
Entre o silêncio
E a luz do caminho
Tenho medo do que vejo
Na luz que surge distante
No escuro livre
E a minha alma
Senta perto da margem
Do rio que corre da vida
Que me rodeia
Em frente ao sorriso
Que me espera
Pelo encanto 
Das palavras ditas
Onde se ouvia em plena lua
Suas juras de amor cantadas.
Gernaide Cezar
Enviado por Gernaide Cezar em 23/04/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários