Gernaide Cezar
Palavras Plásticas
Capa Textos Fotos Perfil Livro de Visitas Contato
Textos
Lembro de um tempo...

Lembro de um tempo
Quase nu
Num espaço reservado
Lá passava um musical
Que vinha dos pássaros
Era uma sequência
O dia vinha singelo
Por uma janela
Vi uma sequência
De longe nos mares
Que cravava no horizonte
Um belo arco íris
Numa curva bem traçada
O sol seguia
E a noite passava
Num escuro que dorme
Na escala da vida
Que durou o tempo
Do silêncio que eu guardo
Assim como um perfume variado
Sem pensar em nada
Fecho todas as portas
E sigo sem olhar
Com os olhos de quem amei


 
Gernaide Cezar
Enviado por Gernaide Cezar em 16/05/2021
Alterado em 16/05/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários